Os primeiros refrigeradores para uso doméstico foram criados na década de 1910 e pode ser incluída entre os 50 objetos mais importantes da economia moderna. De supermercados a laboratórios e até nas nossas casas, a geladeira se tornou um equipamento indispensável em nossas vidas. Mas como toda máquina, uma hora vai dar problema.

Quando a nossa geladeira quebra, nos preocupamos em perder os legumes, verduras, leite e até mesmo o sorvete que estava no congelador, felizmente esses prejuízos são facilmente repostos. Mas o que acontece quando um sistema de refrigeração de um hospital ou distribuidora para de funcionar?

Nesse caso toda a operação para, é uma correria para tentar arrumar o problema e tentar salvar o produto. Quanto custou essa falha? Quantos produtos e reagentes foram perdidos?

Atualmente muito dos problemas podem ser evitados com o monitoramento preditivo do sistema detectando falhas antes que elas evoluam ao estágio de parar o equipamento. Quando se confia que o sistema não vai falhar, você fica tranquilo para cuidar do que realmente importa.